• Por Stephanie Sonsin

O que pode causar a depressão na infância?


Não há uma lista exata com todas as situações que podem gerar um processo de depressão na infância. Contudo, existem algumas situações que propiciam essa realidade mais do que outras. E é sobre isso que falaremos nos tópicos a seguir!


1. Ambiente estressor pode causar depressão na infância


Crianças que estão em ambientes estressores, onde existe muito conflito, agressão física, gritos, ou seja, a criança vive a base de medo. Qualquer um pode imaginar o que vai acontecer com a criança. O estado mental será muito afetado, e isso pode desencadear processos que levarão à depressão infantil.


2. Abuso sexual infantil


Essa é uma situação com grandes possibilidades de que a criança desenvolva depressão na infância. Afinal, essa é uma situação que criança nenhuma no mundo deveria passar. Gera traumas que podem ser irreversíveis. Depressão é apenas um desses traumas causados pelo abuso sexual infantil.


3. Falta de afeto dos pais ou familiares


Essa situação ocorre quando a criança não se sente considerada, investida em cuidados que vão além do cuidado físico, nutritivo, mas cuidados que dão sustento à alma, que a faz se sentir especial e notada.

Se a criança não tiver o afeto, a presença de pessoas importantes para ela, de adultos que passem segurança, isso pode desencadear problemas psicológicos. A criança pode desenvolver crenças de desamor e desvalor. Se isso for bastante enraizado na criança, ela pensara o tempo todo que não é amada e valorizada.


3. Falta de afeto dos pais ou familiares


Essa situação ocorre quando a criança não se sente considerada, investida em cuidados que vão além do cuidado físico, nutritivo, mas cuidados que dão sustento à alma, que a faz se sentir especial e notada.

Se a criança não tiver o afeto, a presença de pessoas importantes para ela, de adultos que passem segurança, isso pode desencadear problemas psicológicos. A criança pode desenvolver crenças de desamor e desvalor. Se isso for bastante enraizado na criança, ela pensara o tempo todo que não é amada e valorizada.


4. Crianças que se tornam adultas podem ter depressão na infância


Muitas crianças experienciam trocas de papéis, que é quando passam a ter responsabilidades e obrigações de adultos. Crianças obrigadas a serem adultas podem desenvolver esta patologia.


5. Falta de clareza e de regras disciplinares


Crianças que não são supervisionadas, não conhecem limites e não são impostas à regras, também têm maiores chances de se tornarem depressivas. Supervisão é um dos fatores que, em interação com o contexto onde a criança se desenvolve, é geralmente preditor da doença.


6. Mudanças na rotina da criança e a depressão na infância


Mudança de casa, de escola e até separação dos pais, podem deixar as crianças e os adolescentes depressivos. Toda mudança provoca medos e angústias, apesar de estes serem, para muitos pais, acontecimentos normais. Contudo, somado a outros fatores experimentados na infância como a falta de afeto, por exemplo, podem tornar um ambiente favorável para o desenvolvimento de depressão.


O que fazer para evitar a depressão na infância?

  1. Entenda o que a criança está comunicando e dê a ela a possibilidade de falar, de expressar o que sente, para que ela consiga direcionar o problema.

  2. Ensine sobre as emoções e como lidar com elas. As emoções devem ser ensinadas desde pequeno, pois isso previne adoecimentos. Quanto melhor a criança lida com os conflitos, ela melhor entende o que acontece dentro dela

  3. Esteja presente de verdade. Ou seja, presença afetiva. Reserve momentos, períodos para brincar um pouco, propicie um vínculo com a criança de comunicação. Valorize esse contato com ela.

  4. Ajude a criança a se sentir importante. Ensino sobre senso de autonomia e independência para que ela possa se sentir útil e capaz. Isso trabalha a autoestima e a torna mais forte.

  5. Gere memórias afetivas. Parece um pouco óbvio, mas isso as vezes não acontece. Sendo assim, prepare um momento super especial para com a criança.




48 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo