• Por Stephanie Sonsin

Vínculo afetivo: Por que é importante conhecer o coração do seu filho?



Como é importante o vínculo afetivo para um bom relacionamento, que se reflete em uma melhor educação dos filhos. Você já pensou em: o que seu filho falaria sobre você? O que ele pediria para você melhorar? Qual comportamento seu ele amaria que você repetisse?


É muito importante ter acesso a estas respostas! Elas são como uma chave para acessar o coração do seu filho! Pai e mãe são modelos de comportamento quando erram e pedem perdão às crianças. Mas também são modelos quando perguntam e compreendem quais atitudes estão tendo que podem estar magoando os filhos.


Não sabe se suas atitudes tem contribuído para o vínculo afetivo entre você e seus filhos? Então veja neste artigo como conhecer o coração do seu filho para estabelecer um forte vínculo emocional.


Vínculo afetivo entre pais e filhos


Há diferença entre como você gosta de transmitir o seu amor e como seu filho gosta de receber? Lembre-se que para você "atingir" o coração do seu filho é importante perceber a maneira como ele se satisfaz. Estar atento para fazer coisas que são importantes para a criança e não apenas para você, pai ou mãe.


Como seu filho gosta de receber o seu amor? Quais atitudes que realmente o impacta? E como você gosta de transmitir o seu amor a ele? Essas e outras perguntas devem ser feitas pelos pais para compreender a forma como a criança entende suas atitudes.


É preciso ter tempo para os filhos e estar de fato participando de suas vidas. O nível de envolvimento dos pais na vida dos filhos é um dos fatores mais fortes de proteção, refletindo principalmente no desenvolvimento psicológico e no vínculo afetivo entre pais e filhos.


Como conhecer o coração do seu filho?


Não há nenhum mistério para conhecer o coração do seu filho! Perguntar, conversar e ouvir a criança é a melhor forma de conhecer seu coração. Crianças são muito sinceras e não dificilmente conseguem esconder coisas que as incomodam. Por isso, conversar sobre situações, comportamentos e atitudes que estejam incomodando essa criança é uma forma de entender o que se passa no emocional do seu filho.


Além das conversas, ter momentos com seu filho é a melhor forma de estabelecer um bom vínculo e se tornar cada vez mais presente e afetivo. Por isso, aposte em brincadeiras, passeios, atividades, hobbies, esportes, e todo tipo de entretenimento ou aprendizagem que você possa curtir com as crianças.


A infância passa rápido, a adolescência apesar de ser intensa também! Aproveite e se divirta com as crianças em cada uma das etapas da vida. Por isso é importante reorganizar as prioridades da família para acompanhar as fases das crianças e acolher as mudanças que ocorrem.


Os pais devem ter como prioridade a construção de memórias felizes e inesquecíveis na vida dos filhos. Eles poderão facilmente esquecer dos brinquedos que ganharam ao longo da infância, mas nunca dos momentos especiais que passaram com você, dos momentos informais e das atividades em família com características simples, mas cheias de ternura.

61 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo