• Por Stephanie Sonsin

Como lidar com birra infantil: Fase de 2 a 3 anos!

Atualizado: 27 de Jan de 2020



Quem nunca passou por uma situação de birra infantil, não sabe como a educação dos filhos é algo difícil. Aqueles que têm filhos na fase de 2 a 3 anos vão entender bem o que iremos abordar neste post.


Como lidar com a birra infantil

Você vai ao mercado, por exemplo, e a criança se joga no chão porque ela foi contrariada. E você busca não machuca-lá nem desampará-la, mesmo tenso com a situação procura não agir com gritos ou irritação. Então, para que diminua as birras você permite que ela se jogue no chão sob sua supervisão para que diminua o comportamento e prossigam juntos.

Daí vem algum adulto e faz a brilhante pergunta: o que ela tem? Ou começa aquele velho discurso: "faça assim, não faça desse jeito", "com os meus resolveu", "os meus não fazem isso". Se você já passou por isso e quer aprender a lidar com essa situação, veja a seguir algumas dicas de como lidar com birra infantil!


Como lidar com a birra infantil

O que é uma birra?


Reconhecer uma birra infantil é o primeiro passo de como lidar com birras! É dessa forma que você poderá identificar comportamentos que devem ser corrigidos ou ainda pontos que precisam de atenção.

Há comportamentos que são da fase, "coisa de criança" e assim referentes à infância e que precisam também da atuação e compreensão dos pais. Compreenda que a criança atua desta forma por conta de 2 fatores:

Dificuldade em aceitar limites e frustrações;

Fase "egoísta": fala palavras como "é meu, eu quero" e repetidamente o "não".


Por quê isso acontece?


Tudo isso acontece porque a criança está formando o self, ou seja o eu, sua própria identidade. E para que isso ocorra é natural que primeiro a criança entre na fase da negação para assim começar a aceitar.

É fácil perceber esse comportamento. Antes de falar "eu quero", por exemplo, a criança refere a si mesma pelo nome: "a Stephanie quer". E ao passo que vai se desenvolvendo, aparece o eu e assim essa fala vai trazendo novos contornos, possibilitando as interações e diminuindo progressivamente as famosas "birras".

Até porque esse momento também é a fase em que começam a compreender o que é certo e errado. Então é natural que aos 2 e 3 anos de idade a criança apresente comportamento difícil, ela está aprendendo e compreendendo seus limites e seu espaço no mundo.



Como lidar com birra infantil?


Quando a situação foge do controle, é preciso aprender a lidar com a birra! Veja a seguir algumas dicas para passar por essas situações e momentos sem muito sofrimento:


  • Seja firme e acolhedor ao mesmo tempo. Explique à criança o motivo e diga que aquilo é importante.

  • Não ceda à birra, manter sua palavra fará com que a criança não ganhe coisas com as birras.

  • Dê bons exemplos em casa, as crianças observam se você também "faz birra".

  • Não dê atenção para a criança quando ela estiver fazendo birra. Afinal, a birra é uma forma de chamar a atenção dos pais.

  • Seja claro em seu diálogo e ações, então: Comunique-se de forma curta e objetiva e não curta e grossa. Fale o que é necessário, mas não enrolando, desgastando a criança que já pode estar irritada.

  • Negocie quando for possível. Se a criança quer fazer bagunça, por exemplo, explique que ela terá que arrumar tudo depois.

  • Converse! A criança nem sempre sabe o que está sentindo, por isso, conversar e mostrar empatia ajuda a compreender melhor os sentimentos.

205 visualizações0 comentário