• Por Stephanie Sonsin

Gritei com meu filho, perdi a cabeça! O que fazer após perder o controle?

Atualizado: 18 de Fev de 2020


Perder o controle da situação é normal, não se culpe por isso. Afinal, os pais também são humanos e precisam aprender a lidar com suas próprias emoções. Claro que essas situações não devem ser frequentes, pois isso poderá atrapalhar a educação dos filhos.


Não sabe o que fazer após perder o controle com os filhos? Veja a seguir algumas dicas para resolver o problema e evitar essas situações.


Perder o controle significa que não sou uma boa mãe ou pai?


Essa situação geralmente ocorre quando os pais estão sob estresse ou forte pressão. Isso significa que os pais não agem assim o tempo inteiro, apenas quando são testados até não aguentar mais! Perder o controle ocasionalmente não faz de você um péssimo pai ou uma péssima mãe. Só mostra o quanto você está sujeito a sentir as mesmas emoções que qualquer outra pessoa.


Muitas vezes o que gera isso é uma falta de sintonia com a criança. As crianças estão em outra sintonia, elas estão a todo vapor querendo sua atenção, querendo brincar, querendo fazer coisas, querendo te contar. E você está, provavelmente, com a cabeça em outro lugar.


Então é muito importante que você saiba o que fazer para minimizar a situação quando explodir ou gritar com a criança! Sendo assim, veja a seguir algumas dicas que poderão te ajudar.


1. Peça desculpas por perder o controle


Pedir desculpas! Como assim? Os pais pedem desculpas? Sim, quero te dizer que os pais devem pedir desculpas quando erram com os filhos, porque os pais são pessoas comuns e podem errar. E quando erram como eles lidam com o erro? Pedindo desculpas!


Ao pedir desculpas você vai ensinar a seu filho, sendo um modelo moral. Quando ele errar, ele pode resolver assim também, assumindo o erro e pedindo desculpas. Até porque gritar vai contra as regras de qualquer lar amigável. Então se você gritou você quebrou uma regra porque não é somente as crianças que devem obedecer às regras da casa, nós adultos também.


2. Diga como se sente


Nem sempre sabemos porque perdemos o controle, muito menos as crianças saberão identificar isso! Então é importante que você diga como se sente, assim ambos podem refletir sobre os motivos que levarão você a perder o controle.


3. Reforce o conceito de que gritar é errado


Você reconheceu o erro, explicou como se sente, agora é hora de dizer o quão errado é gritar, perder o controle e descontar nas outras pessoas suas próprias emoções. Reforce esse conceito dizendo: "Olha a mãe errou, a mãe gritou! Gritar não é legal! Nós sabemos que isso é uma regra. E eu quero te pedir desculpas, isso que eu fiz não foi legal."


Isso fará com que a criança entenda que gritar não é bom. A situação proporcionará empatia e compreensão para as crianças.


Gritar com os filhos é errado e nos sentimos horríveis com isso! Mas saiba que você não está sozinho(a). Conte nos comentários se você já passou por essa situação.

106 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo